Não misture finanças pessoais com as da empresa - Resultar Gestão

Não misture finanças pessoais com as da empresa

Não misture finanças pessoais com as da empresa

by resultar gestão janeiro 12, 2021

Confundir finanças pessoais com empresariais é algo prejudicial ao negócio. Saber lidar separadamente com as receitas e despesas do indivíduo e com as receitas e despesas da empresa é fundamental para uma boa saúde financeira tanto do empreendedor, quanto do empreendimento. Informe-se agora sobre alguns pontos importantes a respeito do assunto:

Cobrir gastos com o dinheiro da empresa

Cobrir gastos de um com verba de outro é um alerta de que algo não vai bem. Pagar despesas pessoais com as reservas da empresa ou quitar dívidas da empresa com a poupança individual são gestos que demonstram problemas de gestão;

Manter contas separadas é fundamental

Para melhor gerir e organizar as verbas, é indicado manter contas separadas. Caso isso não ocorra, são grandes as chances de algum débito ser quitado com as reservas erradas. Além disso, há planos bancários que apresentam vantagens para pessoas jurídicas;

Estipular valores de retirada e pró-labore

Estipular e manter um valor máximo de retirada também é fundamental. Muitos proprietários de negócios –  por serem proprietários – acreditam que podem usufruir o quanto quiserem do resultado da empresa. Isso faz com que o controle financeiro do negócio entre em colapso. Todos – donos e funcionários – devem ter um valor de pagamento de pró-labore definido: sem essa quantificação exata não é possível tomar as rédeas financeiras da empresa;

Procure por profissionais especializados

Caso tenha dúvidas ou caso o seu dinheiro e o dinheiro da empresa não estejam separados corretamente, procure auxílio profissional. A gestão financeira é uma área sensível que pode colocar a perder mesmo um bom negócio.

Se você tem dificuldades em fazer uma gestão correta de suas finanças pessoais, experimente a nossa planilha de finanças pessoais! É Grátis!

Na Resultar, você encontra planilhas de finanças que podem lhe ajudar a manter sua empresa saudável economicamente! Não deixe de conferir!

Compartilhe